Pesquisa direcionada

Pesquisa personalizada

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Poema do amigo aprendiz



Quero ser o teu amigo. Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar,
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso: é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias...


Fernando Pessoa

Ser amigo é uma dádiva. Ser amigo é mais que importante. Ninguém é amigo sem amar e o amor é um dom.
Psiche!

5 comentários:

  1. Disse tudo o que sinto e não verbalizo!

    ResponderExcluir
  2. Verbalizou meus sentimentos.

    ResponderExcluir
  3. gostaria de dizer isso a tanta gente, é assim que me sinto,

    ResponderExcluir
  4. Sou casada há 14 anos com um bipolar mas faz arrebique descobrimos o transtorno. Ele odeia essa palavra bipolar e se trata quando quer com a medicação e não faz terapia. Temos uma filha de 7 Anos onde eu e ele fazemos terapia pra aprender a lidar e conviver com ele. À família dele só me critica é não aceita que ele é doente e condena o uso de medicamentos. Minha Família já presenciou alguns surtos a anos atrás e hoje acha que sou louca por não ter me separado ainda. Sou constantemente humilhada, ameaçada, atormentada pelas suas loucuras e já não aguento mais. Hoje enxergo plenamente o quanto nosso relacionamento está atrapalhando minha filha amada e isso está me desesperando. Fiz uma cirurgia de grande porte e com 10 dias operada ele surtou. Estou mal, não aguento mais já pedi mil vezes pra ir embora mas não vai. Quanto a separação já pedi umas 4 vezes e me deixa claro que só no litigioso. Que vai me atormentar e etc. Fui no advogado já é ele me explicou que devo denunciar na delegacia das mulheres por inúmeros abusos moral. Juro que estou pensando-se seriamente em sair de casa e tomar as providências, meu único medo é minha filha querida, pois temo por o que ele é capaz de fazer por ela. Orem pra mim amigos da mesma estrada, estou cansada, só vcs me entendem por passar por isso também. Obrigada pelo depoimentos que me acalentaram em saber que não estou sozinha no mesmo barco. Boa sorte a todos e que Deus tenha misericórdia de nós!!!!

    ResponderExcluir
  5. Sou casada há 14 anos com + dois de namoro. Casei literalmente por amor! Temos uma filha linda de 7 anos e faz 5 anos d descobrimos que ele é bipolar. Vários surtos, várias humilhações, um verdadeiro inferno. Começou tratamento voltei a ter esperança com medicamentos e terapia.....mas durou pouco para abandonar a terapia e começar a vacalhar com os remédios. À família dele não me apoia em nada, só me critica é acha que vou matá-lo pelos remédio. Minha família já presenciou surtos na páscoa por causa de um bujão de gás que virou um monstro pra cima de mim, onde navegava minha família ficou apavorada e hoje já esqueceram que ele é doente e chamam nós dois de loucos, uma vez que sou Vítima dessa doença maldita. Digo maldita pois já estou cansada de tantas brigas, humilhação e palavrões na frente da minha filha. Agora por último foi tão sério seu surto na frente da milha filha que ela uma criança de Sete anos chegou abortar uma faca pra se matar. Foi terrível assistir a cena e acudir. Bom hoje minha pisiçao é minha filha em primeiro lugar e depois minha felicidade com auto estima é quanto a ele se não quer se tratar vai viver sozinho com suas loucuras. Obrigada pelo depoimentos e por me ouvirem!!!!!

    ResponderExcluir

Sua participação é muito importante, obrigada.

Patrocínios